Notícias

Hi Fly

Hi Fly incentiva Ministro do Ambiente a tomar medidas nacionais sobre o uso de plásticos descartáveis


15 Novembro 2018


Paulo Mirpuri, Presidente da Hi Fly e da Fundação Mirpuri, esteve lado a lado com o Ministro do Ambiente de Portugal, João Pedro Matos Fernandes, quando o Ministro fez o anúncio inédito que o Estado Português deveria cessar a utilização de plásticos descartáveis até janeiro de 2019. No anúncio, feito durante o Web Summit 2018 em Lisboa, João Pedro Matos Fernandes acrescentou que o movimento se estenderia a todos os departamentos da administração pública, bem como aos projetos licitados pelo Estado.

A Fundação Mirpuri é a parceira de sustentabilidade da Hi Fly e as duas organizações unem com frequência esforços no sentido de levar a mensagem de sustentabilidade da Fundação aos quatro cantos do mundo.

Paulo Mirpuri tem vindo a alertar o governo sobre os perigos dos plásticos descartáveis tendo ainda anunciado o compromisso de tornar a Hi Fly a primeira companhia aérea do mundo livre de plásticos descartáveis até o final de 2019.

Acredita-se por isso que a campanha persistente e sustentada da Fundação para destacar os perigos associados aos plásticos descartáveis foi fundamental para a decisão política do governo.

Algumas das iniciativas contempladas nesta campanha incluíram a eliminação dos plásticos de uso único dos escritórios da Hi Fly bem como suporte e participação em diversas conferências-chave incluindo sete edições da Ocean Summit. De entre os esforços da Fundação estão ainda inúmeras pesquisas médicas sobre os perigos do plástico para a saúde humana, bem como o financiamento de projetos científicos para encontrar produtos alternativos a itens descartáveis. A Fundação patrocina ainda iniciativas e indivíduos que podem ajudar a divulgar a mensagem da Fundação.

Além de se comprometer a ser a primeira companhia aérea livre de plásticos descartáveis, aviões da Hi Fly têm vindo a ser usados como veículos de comunicação mundial da campanha.

Tendo patrocinado o barco português “Turn the Tide on Plastic” na Volvo Ocean Race 2017-18, a Fundação procedeu à replicação da pintura do barco num dos aviões da frota da Hi Fly. A aeronave opera atualmente em todo o mundo com o objetivo de reforçar a mensagem de sustentabilidade e proteção dos mares transportada pelo barco durante a corrida.

O avião escolhido foi um Airbus A330-200 que se encontra neste momento pintado, de ambos os lados à semelhança do barco – um lado em tom de azul escuro representando um mar poluído e o outro em azul claro pretendendo reproduzir um mar limpo.

"Não estamos interessados em receber crédito, pela ação do governo", disse Paulo Mirpuri, imediatamente após o anuncio ser feito no Web Summit. “Mas é claro que recebemos e aclamamos a iniciativa e acreditamos que é a coisa certa a fazer.”

“A nossa campanha foi e é ao nível da consciencialização e educação para a sustentabilidade.”

“Procuramos gerar luz sobre o assunto para que outros possam ver por si mesmos qual é a política certa, não apenas para Portugal. Estamos muito felizes que o Ministro Fernandes tenha anunciado este movimento ao lado da Fundação nesta maravilhosa Cimeira em Lisboa, mas esperamos que o impacto seja mundial.”

"Os verdadeiros beneficiários desta ação serão as gerações mais novas de Portugal e muitas gerações de crianças portuguesas que estão por vir."

Paulo Mirpuri partilhava o palco do Web Summit com o ministro, bem como a cineasta, exploradora e ativista ambiental Alexandra Cousteau, quando o ministro Fernandes surpreendeu os participantes e delegados com a notícia da proposta de proibição dos plásticos.

Alexandra Cousteau também saudou o anúncio e parabenizou o ministro Fernandes dizendo: "Parabéns, é importante este tipo de liderança."

O anúncio foi recebido por aplausos espontâneos de milhares de pessoas reunidas no palco Planet Tech, onde, apropriadamente, Paulo deveria mais tarde discursar sobre sustentabilidade.

A notícia chega apenas duas semanas depois da Air New Zealand ter também anunciado o compromisso de eliminação dos plásticos descartáveis dos seus voos, citando a Hi Fly como inspiração, e agradecendo aos chefes da Fundação pelos seus esforços.

Voltar às notícias